Dúvidas? Esclareça conosco.
Segunda a Sexta das 8h às 17h

(12) 3942-3003 / (12) 3941-2366

Profissões que não podem ser MEI: veja alternativas

07 de June de 2024
O Antagonista

 A formalização de atividades profissionais no Brasil pode ser um caminho repleto de benefícios, especialmente ao considerar a opção de se tornar um Microempreendedor Individual (MEI).

No entanto, é crucial estar ciente de que certas carreiras não se qualificam para esse regime.

Entender quais são e as alternativas disponíveis torna-se fundamental para a correta formalização do seu negócio.

Registrar-se como MEI traz consigo facilidades como a emissão de notas fiscais e um sistema de tributação simplificado com custos reduzidos.

Por outro lado, algumas profissões, devido à sua complexidade e necessidade de formação especializada, são preclusas neste regime simplificado. Este artigo destina-se a elucidar essas exceções e mostrar caminhos possíveis para estas categorias profissionais.

Por que algumas profissões não podem se registrar como MEI?

O formato MEI foi estabelecido inicialmente com o objetivo de simplificar e incentivar a regularização de pequenos comerciantes e prestadores de serviços simples.

Profissões que envolvem ampla especialização, formação técnica ou acadêmica e que são regulamentadas por conselhos não se enquadram nesse modelo, pois pressupõem responsabilidades e especificidades que ultrapassam o escopo do MEI.

Quais são as principais profissões inelegíveis ao MEI?

Estas carreiras, entre outras, requerem a formalização por meio de formatos empresariais que permitem uma maior flexibilidade operacional e de crescimento, como a microempresa (ME) ou a Sociedade Limitada Unipessoal (SLU).

O que fazer se a sua profissão é impedida de ser MEI?

Se a sua carreira está entre aquelas que não podem optar pelo MEI, não desanime.

Existem outras formas de formalizar sua atividade de maneira eficaz e vantajosa.

Uma opção é abrir uma microempresa, que, apesar de exigir um controle contábil mais rigoroso e ter um custo fiscal um pouco mais alto, permite um maior volume de faturamento, específicamente até R$ 360 mil por ano.

Além disso, a constituição de uma Sociedade Limitada Unipessoal pode oferecer benefícios como proteção patrimonial sem necessidade de agregação de sócios.

Consulte sempre um especialista

Antes de tomar qualquer decisão sobre a formalização de sua atividade profissional, é recomendável consultar profissionais experientes, como contadores e advogados.

Eles poderão orientar sobre as melhores estratégias e procedimentos a seguir, garantindo que você escolha o melhor caminho para sua realidade e maximizando suas possibilidades de sucesso.

Dessa forna, entender as limitações e alternativas relativas à formalização via MEI é crucial.

Avalie suas opções de maneira informada e estratégica, buscando sempre a orientação de profissionais capacitados para garantir um desenvolvimento sólido e sustentável de seu negócio.

Compartilhe nas redes sociais

Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias

Sertec Assessoria Empresarial e Contábil

Venha fazer uma parceria de Sucesso! Encontre em nossa empresa tudo o que precisa.

Redes Sociais

Conheça e siga nossos canais. Interaja, fale conosco pelos nossos perfis e saiba de todas as novidades.